terça-feira, 19 de abril de 2011

Ele gosta de ti como és (L)

Ela sai com ele e pensa em acender um cigarro afinal, umas cervejas sempre caem bem com seu Marlboro light. Lembra que "homem não gosta de mulher que fuma" e esconde a carteira de cigarro no fundo da bolsa.



Depois de sair, já meio bêbada pensa logo em comprar mais cerveja só pelo prazer de beber mais e ficar mais maluca, afinal é fim de semana. Lembra de que "homem não gosta de mulher bêbada" e acaba sem beber a última cerveja da noite.


Ele vai deixá-la em casa e pede para subir pro apartamento, afinal, já tinha um bocado de tempo que eles saiam. Lembra que "se ele subir eu não posso permitir demais" e deixa ele subir.


Nuns amassos mais quentes, ela, como toda mortal, sente todo o tesão do planeta e vai um pouco além. Lembra que "não posso transar com ele". E pede para ele ir embora, afinal, "homem não gosta de mulher tão permissiva".


Ele desce, entra no carro e percebendo o tamanho pudor que ela tratava todas as questões e a vontade que ela tinha de realizar todas aquelas coisas e não o fez para "impressionar" pensou: "homem não gosta mesmo é de mulher que finge ser o que não é".


E nunca mais ligou pra ela.









Sem comentários:

Enviar um comentário